Quão longe estamos de produzir nossos remédios no Brasil?

Por Tiago Couto A crise atual evidenciou os problemas que a dependência internacional do complexo industrial da saúde pode causar. Em recente artigo no A Terceira Margem, Eliane Araújo e Samuel Peres demonstram de forma clara essa dependência ao analisar a balança comercial brasileira para o setor, com importações e déficits crescentes. Também apontam as relações desta dependência com os problemas para o enfrentamento da … Continuar lendo Quão longe estamos de produzir nossos remédios no Brasil?

A Crise do Coronavírus e a atuação do Banco Central

Por Luiz Fernando de Paula e Mateus Coelho Ferreira A Crise do Coronavírus (Covid-19) vem se tornando um fato inédito na história econômica mundial, em especial, por ser uma combinação de uma crise sanitária e econômica, que em função da adoção do método de distanciamento social ou “lockdown horizontal”, em que ocorre um fechamento parcial ou total de vários setores da economia, envolve tanto uma … Continuar lendo A Crise do Coronavírus e a atuação do Banco Central

Brasil pós-pandemia: retorno à austeridade fiscal não pode ser a opção

Por Carmem Feijo, professora da UFF, e Leandro Monteiro, doutorando em economia da UFF. A economia brasileira entra no segundo trimestre de 2020 na crise econômica provocada pela pandemia do Covid-19 sem ter se recuperado da recessão de 2015-2016. Diferentemente do que propagandeiam as autoridades econômicas, em 2019 a economia brasileira não estava pronta para ‘decolar’. O PIB real de 2019 registrou aumento de 1,1%, … Continuar lendo Brasil pós-pandemia: retorno à austeridade fiscal não pode ser a opção

O Banco Central tem condições de colocar o juro a zero? Tem.

Por Fábio Terra (UFABC e PPGE-UFU) O Copom decide hoje, 06 de maio de 2020, um novo patamar para a taxa Selic. Esta reunião do Comitê ocorre em meio à pior crise econômica já enfrentada pela economia brasileira. Há certo consenso de que a Selic será reduzida, mas a questão é: o BC tem condições de reduzir a Selic a zero? Sim, ele tem. Explico … Continuar lendo O Banco Central tem condições de colocar o juro a zero? Tem.

Credit: GETTY IMAGES

O futuro pós COVID-19: o fim da aglomeração, a robotização e questões sociais

Por Danilo Spinola, pesquisador da United Nations University (UNU-MERIT) Não estávamos preparados para uma pandemia. Nem a nível mundial, nacional ou local. No entanto, repentinamente alteramos de forma radical nossos modos de socialização e interação. Ademais, vemos os graves impactos imediatos da crise pandêmica na economia. Enquanto isso, nossas esperanças estão colocadas na pesquisa científica para a cura do vírus, em que emerge uma nova … Continuar lendo O futuro pós COVID-19: o fim da aglomeração, a robotização e questões sociais

Desafios do Brasil na era das expectativas rebaixadas

Por Manoel Pires O Brasil passa pela terceira crise em 12 anos. A década promissora que anunciou a decolagem do Cristo Redentor, na já desgastada imagem da revista inglesa The Economist, deu lugar a uma segunda década perdida. As projeções atuais do IBRE/FGV indicam que será a década com o pior PIB per capita em 100 anos, com queda de 0,6%, superior à queda dos … Continuar lendo Desafios do Brasil na era das expectativas rebaixadas

Desindustrialização e soberania no enfrentamento da crise de saúde pública da COVID-19

Por Eliane Araújo e Samuel Peres Em economia existem duas diferentes abordagens que tratam da importância da indústria para o processo de desenvolvimento de um país, sendo uma visão dominante, ligada ao livre mercado, e outra mais crítica, fundamentada na defesa de alguma forma de intervenção por parte do Estado. A primeira, conhecida como abordagem neoclássica, não distingue a importância de um determinado setor de … Continuar lendo Desindustrialização e soberania no enfrentamento da crise de saúde pública da COVID-19

O perigoso caminho das renúncias fiscais em tempos de crise

Por Paulo Henrique Rodrigues Pereira As renuncias fiscais são ferramentas centrais para a condução da economia em tempos de crise, mas não podem substituir instrumentos de ação direta do Estado como a melhoria da capacidade arrecadatória, novos tributos com caráter distributivo e corte de benefícios pouco eficientes. Mal utilizadas, as renuncias podem justamente tirar poder de ação dos Governos e concentrar riqueza, gerando desigualdades. Não … Continuar lendo O perigoso caminho das renúncias fiscais em tempos de crise

Amanhã vai ser outro dia: o desafio da dívida pública e as ideias de contrapartida

Por João Villaverde Tempos excepcionais demandam medidas excepcionais. O setor público entra em campo pesadamente para garantir a travessia enquanto famílias estão em casa e empresas de setores não essenciais estão fechadas, todos protegendo uns aos outros do contágio de um vírus letal, dando tempo para os hospitais se organizarem para tratar quem desenvolve sintomas graves enquanto pesquisadores trabalham em uma vacina. Em casa, mas … Continuar lendo Amanhã vai ser outro dia: o desafio da dívida pública e as ideias de contrapartida

Temos mais meios disponíveis para o enfrentamento da crise via PEC 10/2020: empreguemos

Por Fábio Terra O Congresso Nacional tem demonstrado muita boa vontade em criar meios para o Brasil enfrentar os efeitos da dupla crise que atravessa, de saúde pública e econômica. É mérito exclusivo do Congresso a renda básica emergencial e, nos próximos dias, a promulgação da PEC 10/2020, chamada de PEC do Orçamento de Guerra, que institui o necessário “Regime Extraordinário Fiscal, Financeiro e de … Continuar lendo Temos mais meios disponíveis para o enfrentamento da crise via PEC 10/2020: empreguemos