Colaboradores

Somos uma equipe de economistas, juristas, administradores públicos, cientistas políticos e sociólogos. E estamos abertos a quem quiser participar conosco na busca da terceira margem.

Alessandro Octaviani

Mestre em Ciência Política e doutor em Direito Econômico pela Universidade de São Paulo, é atualmente professor da Faculdade de Direito da USP.
Foi membro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e é autor, entre outros, dos livros “Recursos genéticos e desenvolvimento” (2013) “Estatais” (2019, em co-autoria com Irene Nohara). Suas pesquisas atuais versam sobre “o Estado capitalista contemporâneo e sua disciplina jurídica”, trabalhando com Direito Econômico e as teorias do desenvolvimento.

André Roncaglia

Professor de Economia da UNIFESP e Pesquisador Associado-CEBRAP. Doutor em Economia do Desenvolvimento pelo IPE-USP, bacharel e mestre em Economia pela PUC-SP. Interessado em metodologia, história das ideias econômicas, política industrial, desenvolvimento econômico, desigualdade de renda e de riqueza, bem como temas macroeconômicos e monetários, tais como inflação, crises financeiras e desindustrialização.

Carmem Feijo

Carmem Feijo concluiu seu PhD pela Universidade de Londres em 1991. Atualmente é professora da Universidade Federal Fluminense e pesquisadora CNPq. Desde 2019 coordena o grupo de pesquisa em Financeirização e Desenvolvimento – FINDE, na Universidade Federal Fluminense. Editora dos Cadernos do Desenvolvimento desde 2015.

Danilo Spinola

Doutor em economia da inovação, e atualmente pesquisador na United Nations University (UNU-MERIT). Danilo trabalhou por anos como consultor para a divisão de desenvolvimento produtivo e empresarial (DDPE) da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (CEPAL) em Santiago, Chile. Mestre pela Unicamp, atualmente também atua como vice-presidente da Rede Latino-Americana para o Estudo de Sistemas de Aprendizagem, Inovação e Construção de Competências (LALICS). 

Eduardo Junqueira Dias

Graduando em em Administração Pública na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. Foi presidente do Diretório Acadêmico Getúlio Vargas e fundador e presidente da Estudos de Política em Pauta da Fundação Getulio Vargas (EPEP-FGV). Atualmente lidera um time de estudantes, especialistas, professores e gestores para entenderem os problemas e os atuais desafios da gestão pública, da questão do emprego e da geração de renda, bem como das demais temáticas políticas-sociais, do município de Poços de Caldas, em Minas Gerais.

Eliane Araújo

É professora associada da Universidade Estadual de Maringá e bolsista produtividade em pesquisa do CNPQ. Possui doutorado em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009), pós-doutorado na Universidade de Cambridge (2018-2019) e Fundação Getúlio Vargas em São Paulo (2019-2020). É pesquisadora associada do Centro do Novo Desenvolvimentismo.

Fábio Terra

Graduado em Economia pela Universidade Federal de Uberlândia, (2005), mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal do Paraná (2008). Doutor em Economia, ênfase em Economia do Desenvolvimento, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Professor desde 2009 da Universidade Federal de Uberlândia e Professor da Pós-Graduação em Economia do IEUFU. Pós-doutor, pela Universidade de Cambridge, Reino Unido (2015). Diretor da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Ciências Econômicas desde 2009; Diretor da Associação Keynesiana Brasileira desde 2013; e Presidente da Comissão Institucional de Seminários de Pesquisa do Instituto de Economia entre 2013 e 2014. Ganhador, em 2009 e 2012, do Prêmio Tesouro Nacional e em 2014 do Prêmio Brasil de Economia.

Guilherme Casarões

Doutor e mestre em Ciência Política pela Universidade de São Paulo, mestre em Relações Internacionais pela Universidade Estadual de Campinas (Programa San Tiago Dantas), especialista em História e Culturas Políticas pela Universidade Federal de Minas Gerais e graduado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. É professor da FGV-EAESP nas áreas de Administração Pública, Ciência Política e Relações Internacionais. Leciona no Mestrado Profissional em Gestão Internacional (MPGI) da mesma instituição. Foi visiting fellow da Tel Aviv University (2011) e da Brandeis University (2015). Possui pesquisas e artigos publicados nas áreas de Política Externa Brasileira, Relações Brasil-Oriente Médio e Teoria das Relações Internacionais.

Guilherme Magacho

PhD pela Universidade de Cambridge, Reino Unido, é Professor da Pós-Graduação em Economia da UFABC, Pesquisador Associado da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Cambridge Centre for Economic and Public Policy (CCEPP/Cambridge).

João Romero

Professor Adjunto do Departamento de Economia da UFMG, doutor em Economia pela Universidade de Cambridge. Sua tese de doutorado foi vencedora do prêmio BRICS Economic Research Award em 2016, promovido pelo Exim Bank da Índia. Foi também por duas vezes vencedor do Prêmio CNI de Economia nas categorias: Intermediação Financeira e Crescimento Industrial em 2009, e Indústria Brasileira em 2015. É membro do Cambridge Centre for Economic and Public Policy (CCEPP), e coordenador do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas e Desenvolvimento (GPPD), do Cedeplar-UFMG. Possui publicações nas áreas de crescimento e desenvolvimento econômico, comércio internacional, e economia aplicada.

João Felipe Tavares

Graduado em Administração Pública com certificação em Relações Internacionais na Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-SP), é graduando em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. É coordenador de projetos do think tank Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial e diretor-executivo da Escola Comum, uma escola de formação política para jovens da periferia de São Paulo.

João Villaverde

É doutorando em Administração Pública e Governo pela FGV-SP. Foi pesquisador visitante em políticas públicas na Universidade de Columbia (Nova York). É autor do livro “Perigosas Pedaladas: Os bastidores da crise que abalou o Brasil e levou ao fim o governo Dilma Rousseff” (Geração Editorial, 2016).

José Francisco Lima Gonçalves

É economista-chefe do Banco Fator e Professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade – USP. Graduado em Economia pela Universidade de São Paulo (1977), mestrado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1979) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1985).

Luiz Fernando de Paula

Luiz Fernando de Paula é Professor Titular na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCE/UERJ) e Pesquisador nível 1 do CNPq. Graduado em Economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1984), doutor em Economia pela UNICAMP (1997), realizou seu pós-doutoramento no St Antonys College, Universidade de Oxford (2000/01).

Manoel Pires

Mestre e doutor em Economia pela Universidade Nacional de Brasília (UnB), foi secretário de política econômica do Ministério da Fazenda e Chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento. É pesquisador da UnB, do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE-FGV) e coordenador do Observatório de Política Fiscal, associado ao IBRE/FGV.

Marcelo Marques

Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2015). É graduando em Administração Pública na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. Foi consultor ad hoc sobre governo eletrônico, planejamento e compras públicas atuando sobre o Brasil e os países da América Latina. Foi também membro, Coordenador de Projetos e Vice-Presidente da Estudos de Política em Pauta da Fundação Getulio Vargas (EPEP-FGV). Atualmente é pesquisador do CND-FGV. 

Marco Brancher

É coordenador adjunto na FGV Projetos, onde liderou projetos de regulação econômica, avaliação de impacto e viabilidade econômica para os setores público e privado. Possui mestrado em economia pela Escola de Economia de São Paulo. Além disso, é pesquisador associado da FGV, onde se dedica a projetos de pesquisa aplicada relacionados a desigualdades de renda, riqueza e oportunidade, crescimento econômico, desenvolvimento e avaliação de impacto.

Marina Liuzzi

É pesquisadora do Centro de Estudos do Novo Desenvolvimentismo da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (EAESP-FGV), graduanda em Administração Pública pela pela mesma instituição e em Economia pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

Nelson Marconi

É graduado em economia pela PUC-SP e mestre e doutor em economia pela FGV-SP e atualmente é professor visitante no Center for International Development da Kennedy School of Government na Universidade Harvard. É professor adjunto dos cursos de graduação, mestrado e doutorado acadêmico e mestrado profissional em Administração Pública e Governo, na FGV-SP, pertencendo ao núcleo docente permanente em ambos programas. Também realizou doutorado sanduíche no MIT. Professor associado (licenciado) no curso de Economia na PUC-SP. É Coordenador do Fórum de Economia da FGV e do CND – Centro de Estudos do Novo Desenvolvimentismo, vinculado à EAESP-FGV. Foi presidente da Associação Keynesiana Brasileira entre 2015 e 2017 e é também colaborador externo da Organização Internacional do Trabalho (OIT). 

Paulo Gala

Graduado em Economia pela FEA/USP. Mestre e Doutor em Economia pela Fundação Getulio Vargas em São Paulo. Foi professor visitante nas Universidades de Cambridge UK em 2004 e Columbia NY em 2005. É professor de economia na FGV-SP desde 2002.

Paulo Henrique Rodrigues Pereira

Graduado e Mestre pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, atualmente é doutorando pelo Departamento de Filosofia e Teoria Geral da mesma Faculdade. É pesquisador Visitante no Departamento de História da Faculty of Arts and Sciences e do Afro-Latin American Research Institute, ambos da Universidade de Harvard. Pesquisa temas relacionados à História do Direito e da Economia, com foco especial na crise da escravidão brasileira em finais do século XIX e suas relações com o mundo atlântico.

Rafael Leão

Doutorando em Administração Pública e Governo pela EAESP-FGV, na linha de Transformações do Estado e Políticas Públicas. Mestre em Economia pela Universidade Panthéon Sorbonne/PUC-SP, Bacharel em Economia pela PUC-SP. Atuou como analista econômico em bancos de investimentos, agências classificadora de riscos e como Economista na Federação Brasileira de Bancos. Sócio-fundador e Economista-Chefe da Parallaxis Economia, que se fundiu com a Arazul Capital, onde hoje é Economista-Chefe. Academicamente tem experiência na área de Economia, com ênfase em Crescimento e Desenvolvimento Econômico, Flutuações e Planejamento Econômico, atuando principalmente nos seguintes temas: Macroeconomia, Desenvolvimento Econômico, Teoria Monetária e Economia Internacional.

Tiago Couto Porto

Doutorando em Administração Pública e Governo na EAESP-FGV e Pesquisador associado ao Centro de Estudos do Novo Desenvolvimentismo da mesma instituição. Graduado em Ciências Econômicas pela PUC-SP e mestre em Macroeconomia Internacional e Políticas Financeiras pela Universidade Paris 13 – Sorbonne Paris Cite. Passou 6 meses como pesquisador visitante na Universidade de Nacional de Soul, Coreia do Sul. Tem interesse nas áreas de Macroeconomia pós-keynesiana, Estratégias de Catch-Up tecnológico, Desenvolvimento Econômico, Administração e Economia do Setor Público, Economia Política, História Econômica Brasileira.


Quer colaborar com a gente?


%d blogueiros gostam disto: